fbpx

O Desejo da Carne

Se desse pra explicar
Explicaria

Que o universo crio
Como flui cada e todo rio

Que já vi o que agora vejo
E vim para brincar de nao saber
E descobrir tudo de novo;
Sucumbir à esse desejo

Desejo da carne
E chamá-la de minha
Quando já muito antes de tê-la
Entendia que não à tinha

E não jamais à teria.
Sim emprestaria
Os elementos do nada.
Abrir um débito ingênuo,
Fingir-se dono
Que usa, re-usa e nunca paga

Se desse pra explicar
eExplicaria

Que além do olhar
Há tanto espaço
Quanto aquém dele.
Tanta coisa dentro e fora;
A farsa de vestir a pele
E contar os múltiplos
Antes de ir embora

Se desse pra explicar…
Explicaria

Que ser bastaria
Não fosse a querida confusão
Do ser o que se é
Mas amar a ilusão

Se desse pra ficar…
Mesmo eternamente…

Não… Não ficaria
E nem explicaria
Nem se desse pra explicar

Felipe Oliveira
texto, voz, synths, sons ambientes, produção
LC Guimarães
guitarras, baixo